Omelete

Padrão

Próxima à avenida mais famosa de São Paulo, ela passa despercebida. Mas nos últimos dois anos ela foi palco de muitos momentos marcantes da minha vida. O esquenta da balada de sábado ou apenas o ponto de encontro rápido praquela festa que não víamos a hora de chegar; os sleepovers de última hora seguidos de uma feijoada no apê ou um almoço nas redondezas pra curar a ressaca; as pizzas no meio da semana e os coffees no Starbucks tinham endereço certo: a Alameda Santos.

Não por coincidência, foi nela que eu me despedi de uma fase importante, que se encerra hoje com a ida de duas Palavretes pro outro lado do mundo. Uma fase de muita farra sim (afinal de contas, fazemos porque gostamos), mas também de muitas crises compartilhadas, angústias aliviadas, planos feitos e refeitos e, principalmente, de muito crescimento.

Uma fase em que Livin’ La Vida Loca fazia tanto sentido quanto Vienna, em que o Rio de Janeiro virou ponte para Buenos Aires, quando os extra-corporativos viram uma atividade nunca antes alcançada, em que três bastavam, mas quatro, cinco, quinze nunca era demais. Uma fase que a gente sabia que ia acabar. E acabou. It’s the end of an era, my FRIENDS.

Mas acaba para dar lugar a novas experiências, pra dar as boas-vindas pra um mundo inteiro de novas pessoas, novos lugares, novos assuntos… E estaremos mais preparadas para encarar essas novidades porque tivemos a sorte de aproveitar esta fase muito bem. Na Alameda Santos ou em uma praia qualquer do Mediterrâneo, I’ll be there for you, como sei que elas estarão por mim também.

Manas, a gente se encontra em julho. :)

Só com o pôr-do-sol é que a noite pode sair

Por Carrô.

»

  1. vai rolar um tsunami nesse mediterrâneo quando vc estiver aqui presencialmente e não materializada em forma de banquinha de flor, baby.

    I mean it. And I’m blinking!!! But yet in silence.

    durma, acorde e dê buenos días a nosotras, chica. :)

  2. PUTA QUE PARIU, CAROL!
    Só fui ler esse texto hoje. Pra quê, né? Pensa num olhinho que embaçou a tela…
    Estamos aqui sempre esperando e não vendo a hora de vc chegar! Vai ser uma farra jamais vista por aqui.
    Beijos, querida.
    E, btw, tb sentirei uma falta do caralho da Alameda Santos, que, além de representar tudo isso que vc disse aí pra mim tb, era meu lar. And I’ll miss it. I really meant it.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s