Do we know each other? No matter!

Padrão

Quanto tempo leva para conhecer uma pessoa? Para poder descrevê-la e identificar aspectos positivos e negativos da sua personalidade a ponto de decidir se seria uma boa companhia só para um fim de semana ou para uma vida toda?

(tempo para pensar)

Ok, algumas pessoas são mais abertas e mais previsíveis. Você a conhece hoje, conversa um pouco sobre alguns assuntos, passa por uma situação desagradável e uma alegre, viaja um fim de semana junto e pronto: é capaz de adivinhar o que ela faria em determinada ocasião. Já outras reservam surpresas que as tornam completamente indecifráveis mesmo com muitos anos de convívio.

Mas ainda existe outro grupo de pessoas ‘para as quais’ pouca gente se atenta: as que basta olhar nos olhos atrás da tela da televisão para se apaixonar à primeira vista! Para pessoas completamente incríveis sensíveis, basta assistir um ou dois programas na TV. Está feito: a certeza de ter encontrado o amor verdadeiro perdura até o momento em que te dizem, en serio: “Para! Você está indo muito além!”, mas enquanto as pessoas estão insistindo na confiança cega à lei do 6º grau, nada te faz tirar aquela pessoa da cabeça!

Não sei qual a sensação de ser famoso (ou semi-famoso, vai), mas deve ser algo surreal ter milhões de pessoas te julgando pelo que você faz, diz e parece ser durante os minutos em que está em frente às câmeras. Sem perceber, sempre que vemos alguém na TV, analisamos sua personalidade, definimos como deve se comportar ‘se’ alguma coisa. Minha irmã, tão conhecedora que é de comportamento humano de pessoas que não conhece at all, um dia, enquanto assistia novela, lançou: “Não gosto da Fulana! Ela é muito dissimulada!” Oi?

Existem pessoas que até se apaixonam por você sem nem saber, ahn, coisas básicas, tipo, se você tem bafo gosta mais de pizza ou hambúrguer. Percebem o amor verdadeiro e têm certeza que aquele ali, mostrando os gols da Copa e fazendo piadas fazendo seu trabalho televisivo, é o parceiro perfeito para construir uma família e ser feliz até o fim da vida. Mas por quê? Por que você sente que conhece alguém pelo simples motivo de ter encucado com isso? Acho que é o destino que te mostra o caminho a seguir. :P #ficaadica

Muitas vezes Às vezes esse amor “verdadeiro” não dá certo, mas aí sempre há tempo para partir em busca de outro! E rir do que ficou pra trás.

Esse texto é dedicado ao amor eterno da Má-Má Thiago Leifert. Afinal, quando a Má-Má pensa “em uma personalidade que combinaria com ela, seria a dele. Que, sim, riria da cara dela quando exagerasse. É raro ver gente assim tão natural e tão confortável com o que é..”

* Coincidentemente, foi publicada neste minuto uma frase no perfil @chicolatras, que não poderia ter mais a ver com tudo isso: “Eu ingressaria e te veria confuso por me ver; Chegando assim; Mil dias antes de te conhecer”

Sem mais.

Por May – na torcida!

»

  1. hahahahahah
    MAX! Post mais do que genial!!!!!!!
    Delícia de texto, que traduziu mto bem toda essa …. ahn, nem sei como chamar td isso… experiência?

    Eu tbm to na torcida, gente. :)

  2. huahuahauhauhauhauaua
    me mata.
    fazemos pq gostamos, né??

    “finge que essa frase não é sua”

    sim, alcançamos um novo nível de perseguição e vergonha.

    Toni, qual é essa receita do sal aí!?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s