Diz-me com quem andas e eu te direi se… quero ir também!

Padrão

O legal de ter amigos legais é que você fica tranquilo, na maioria das vezes, quando participa de algum evento dos amigos deles. Teoricamente, ninguém superlegal tem um amigo mega chato. Claro que existem exceções e isso foi, inclusive, um dos assuntos na última viagem que fiz com uma galera diferente. Sempre tem aquela pessoa que ninguém sabe por que foi acolhida pelo grupo, mas também ninguém nega que tem um carinho por ela. Mistérios das relações de amizade.

Voltando ao foco: no feriado (em tempo: Parabéns São Paulo pelos seus 456 anos! Tem gente que te ama como você é. Aka: Marina), viajei com os amigos de uma das minhas melhores amigas (Ma-Má, lov u), que são os amigos da irmã dela também. Mó legal isso! :) Eu conhecia alguns de vista, outros já tinha ouvido falar e uns não imaginava mais verdes. E é muito interessante a evolução das coisas nessas situações. Primeiro, você é apresentada, reúne informações e primeiras impressões. Fato que faz um pré-julgamento e aguarda o caminhar da carruagem para confirmar ou não.

Percebo que em toda turma tem vários tipos de pessoas que, se fossem ser comparadas, não têm nada a ver uma com a outra. Mas que se colocadas em um saquinho, todas juntas, não dá pra imaginar tirar um grão do pacote que não faria falta. Inevitavelmente, lembrei de cada amigona minha em diversas situações e sempre pensava em uma piada relacionada aos momentos que vivemos para comentar. E que só elas entenderiam. Sorte a minha que tinha Ma-Má e Maria Claudia por perto para me acalmarem esses ânimos. Mas nem sempre estávamos juntas. E aí eu me calava.

Três dias e três noites de convivência com pessoas desconhecidas e amigas entre si é, digamos, revigorante. Você tem contato com histórias diferentes, discute assuntos que discutiu com seus amigos há anos, tem a oportunidade de contribuir com opiniões que ninguém sabe ainda que são suas. E o ganho é muito grande! Ver pontos de vista distintos, maneiras de se divertir, gostos e manias unânimes da galera que você acaba curtindo também e, por ser marinheira de primeira viagem, aproveita bem mais que todo mundo. E isso fica evidente: você ri bem mais das piadas porque são inéditas pra você e são as mesmas para eles. E causa espanto por isso. Curiosidade. E nem liga de não entender qualquer piada interna feita. Eu tenho um montão delas com as minhas amigas!

No fim da trip, você se vê apegada a todo mundo de um jeito peculiar. É verdade que você mal conhece, mas já quer combinar outros passeios e encontros e sente uma pontinha de saudades de cada um. Até daqueles que erravam meu nome sem querer e logo se corrigiam. Dou um risinho de canto e transbordo simpatia por aquele que, depois de perguntar para qual time torço, achou que, com o campeonato de futebol sub20 ganho, eu acordaria da minha soneca vespertina para comemorar o título! Isso é a comprovação de quem ninguém me conhece ali. E alguém nega que uma das coisas mais bacanas da vida, do mundo, é conhecer pessoas? O mundo tá todinho cheio de pessoas incríveis. Basta a gente querer conhecê-las.

Por May.

Com essa galera, eu vou!

»

  1. Você acabou de descrever minha viagem de ano novo, May! Era eu, meus primos e um moooonte de amigos deles! Ah, todos os amigos cariocas, meus primos mineiros e eu era a única paulistana da casa! Os “meu”, “mano” e o sotaque anasalado foram o maior alvo de diversão da rodinha, e saí de lá feliz da vida de conhecer tanta gente diferente que não parava de me zoar!

    Bjs

  2. hahahahahahha
    adorei!!!!!!
    somos increíbles, chica!!!!!

    cada amigo tem um pouco da gente tb, né!? :)
    e aí, quando junta todo mundo, vc percebe que é completa só por causa deles!
    oooownnn. adoro esse clima BFF! hahahaha

    mas, deveras, fiquei muy, muy feliz com a integração das galeras!
    e tem alguém que nunca vai esquecer seu nome…
    nem o meu…
    nem o da Má…
    nem o do Cazé!
    hahahahahaha

    é CAMPEÃO! maYra! maYra! é campeão!!! hahahaha
    e quem acordou fui eu!!!!

  3. Adoro amizades novas, conhecer gente nova, expor minhas opiniões para pessoas novas!!

    Sem contar que é uma delícia compartilhar e dividir histórias em conjunto, né?

    Amo, amo, May!

    E saudade de vcs, lindas!

  4. hahahah
    ai, gente, como eu queria ter ido pra essa viagem!!!

    Acho que a maioria das pessoas não seriam completos estranhos pra mim, mas ainda temos muito o que nos conhecer! rs

    Senti falta!
    Mas é fato, May: “Três dias e três noites de convivência com pessoas desconhecidas e amigas entre si é, digamos, revigorante”. =}

    Outra coisa: amei a foto!!! Me diverti só de vê-la. hahahah

    bjo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s