O que você vai ser quando crescer?

Padrão

“Médica, professora ou secretária”, respondia eu aos 8 anos de idade. Na época, eu conhecia poucas profissões e essas me encantavam! Já com meus 11 anos, o sonho era ser cantora, atriz ou paquita, como a maioria das meninas influenciadas pela Xuxa. Com o passar os anos, eu tive certeza de que faria oceanografia, biologia ou zootecnia. Mas o 1º colegial chegou e com ele a física, química e a própria biologia. Minha aptidão para essas matérias, no entanto, era inexistente. Aí descobri que seria muito mais saudável para qualquer espécie, inclusive a humana, se eu me mantivesse à distância de seus corpinhos.

Já na época do vestibular, a dúvida era entre Relações Internacionais, Jornalismo, Pedagogia e Radio e TV. Acabei escolhendo Relações Públicas. “Relações o quê?”, perguntaram os meus pais. “Públicas!”, disse eu. E até hoje eles tentam entender. Eu também. Não a profissão, mas como as nossas opiniões e sonhos mudam tanto com o passar dos anos!

Quando parei pra pensar nisso, percebi que, além do campo profissional, quando criança eu tinha algumas outras certezas do que ia acontecer na minha vida quando eu crescesse. Com o tempo, todas elas caíram por terra, obviamente. Por exemplo, eu achava que:

– Ganharia um carro quando fizesse 18 anos. Afinal de contas todo mundo ganha, não? Bem… não… Tenho 23 anos e nesse sentido a única coisa que ganhei foram caronas. Milhares delas! Para todos os lugares, das mais diversas pessoas.

– Estudaria em uma faculdade fora de SP e moraria em uma república. Esse era O sonho quando eu tinha meus 15 (16?) anos. Culpa da Coração de Estudante. Lembra dessa novela em que os estudantes moravam em repúblicas no sul de Minas? Era aquilo que eu queria pra mim: morar longe de casa, conhecer outra cidade, outras pessoas. Quando passei no vestibular da UNESP, tive essa chance. Mas a matrícula já estava feita em outra faculdade de São Paulo e eu acabei não conhecendo Bauru.

– Casaria aos 25 anos. Na minha cabeça, o ciclo natural era: terminar a faculdade -> arranjar um emprego cujo salário seria bom o suficiente para pagar todas as minhas contas e ainda sobraria  -> casar. O namorado apareceria entre o começo da faculdade e o emprego. No entanto, algo me diz que o casamento – se é que ele um dia acontecerá – não vai ser realizado tão em breve.

Quando mais novos, nós idealizamos milhares de coisas para “quando crescermos”. Acontece que o “quando eu crescer” não chega nunca! Porque a gente nunca pára de fazer planos para o futuro e, aos 20 anos, nós imaginamos como a nossa vida será aos 30. Aos 30, sonhamos com a vida aos 45. E assim por diante. E nos planejamos para que tudo que desejamos aconteça. Mas… o mais provável é que as coisas não sairão exatamente como programamos. E, pra mim, é aí que está a graça. Ainda bem que a vida nos reserva algumas surpresas, não? Claro que ela nos prega algumas peças também. Faz parte…

Hoje eu não tenho a vida que eu imaginei aos 15 anos. Parando pra pensar, ela é “só” o completo oposto. E, tirando uns ajustes aqui, outros ali, eu estou bem satisfeita com ela.

E você, se tornou o que você queria ser quando criança?

 

Por Carrô.

»

  1. Hahahaha esse assunto é engraçado… quando eu era mais nova, queria ser pediatra, até que minha mãe me abriu os olhos: se você acha que vai ficar só ouvindo o coração de bebezinhos gordinhos e fofos, está enganada! Aí eu resolvi ser fisioterapeuta, mas também desisti antes do vestibular. Ao prestar a Fuvest, tinha três opções: jornalismo, artes cênicas e direito! hahahahaha Acabei não passando na Usp, mas optei pelo jornalismo e gostei muito.

    Beijos

  2. hahaha
    eu não sou nada do que tinha planejado!!! já estaria casada e pensando em ter filhos…e estaria morando sozinha há tempos!
    eu queria ser artista plástica porque eu gostava de desenhar…hahaha

  3. GENIAL!

    Por algum tempo eu quis ser professora de educação física….ainda bem que não segui a carreira! Hoje meus joelhos doem só de subir ladeira!

    “A vida é o acontece enquanto fazemos planos”. Li essa frase dia desses e tem tudo a ver com o post…

    Bjs!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s