Um GPS, por favor

Padrão

Nem sei como me ocorreu a vontade e a coragem de falar sobre essa minha deficiência aqui, publicamente. Espero que meu namorado nunca venha a ler esse texto, pois terá uma declaração oficial minha sobre o que ele insiste em dizer que é apenas distração. Não, sinto em declarar que tenho um problema mental com mapas, rotas, atalhos e afins. Tenho problemas com localização geográfica e orientação espacial! Pronto, falei. Sério. As mulheres podem dizer que se identificam com essa característica, provada cientificamente ser prevalente em genes XX, mas meu caso é mais grave. Tentei encontrar alguma referência sobre isso na internet, mas só achei artigos comparando homens e mulheres e não é bem esse ponto que quero abordar aqui.

Faço aqui um apelo aos engenheiros (são eles que criam GPSs?)… Pois bem, por favor, alguém inventa um GPS para pedestres? Não riam. Juro que eu faria orçamentos e me planejaria para comprá-lo. Não sei por que, mas não consigo decorar qual rua corta qual, qual rua é mão para subir, qual é para descer, qual é mão dupla, qual ponte cai onde, qual lado da Marginal devo ‘pegar’, qual rua é paralela a qual, enfim, pra onde devo ir mesmo?

Mulheres pensam em muito mais coisas enquanto andam, dirigem ou acompanham pessoas no banco do passageiro. Isso é um fato. Penso em tanta coisa que esqueço de prestar atenção no caminho. Grave? Ahhh… nem, vai… Certa vez, juro, fui fazer um retorno – dar a volta no quarteirão para pegar o outro sentido da avenida, onde minha irmã me esperava depois de comprar alguma coisa na farmácia – e sim, me perdi. Em uma cidade desconhecida? Em um bairro para o qual eu nunca tinha ido? NÃO. No centro da cidade em que morei 10 anos. Eu sou assim, sabe… esquecida.

Já passei por situações embaraçosas, mas não pensem que me incomodo muito com isso. Algumas vezes, ou melhor, as vezes em que estou acompanhada de amigas, perder-se no caminho é ótimo. Juro! Dá tempo de colocar a conversa em dia, discutir vários aspectos de um mesmo acontecimento, passar pela 1ª vez naquela ponte nova que inaugurou há tempos e vc só via pela televisão, reconhecer de relance alguns prédios e ruas e ter aquele déjà vu de ‘Já passei por aqui antes’ (afinal, é o caminho do seu trabalho ou a 3ª vez que vcs estão passando por ali pra tentar acertar a saída) e ainda dar boas gargalhadas. Nessa hora, se eu tivesse um GPS, desligaria. Com certeza.

Por May.

»

  1. hahahaha
    eu saio de casa mais cedo pq sei que vou me perder!
    e fico no trânsito pq sei que não vou conseguir voltar pra avenida congestionada onde eu estava se cismar em entrar naquela rua à direta para subir uns quarteirões livres.
    e é assim – quando estou sozinha – que eu conheço novos botões do pepper, estações de rádio, músicas e, com sorte, um cara bem bonitinho na mesma situação que eu. hihihi

  2. ah! quando eu quero sair da primeira e segunda marcha, aciono o Carol Position System ou ligo pra ela quando (raras vezes) não estamos juntas.
    a Rafa tb tem um talento pra mapas que poucos conhecem…ela anda com o guia na bolsa!!! hahahaha
    eu até tenho um no carro, mas só pra eu me sentir mais segura…pq não entendo nada quando vejo aquele monte de tracinhos paralelos, perpendiculares, amarrados…enfim….hahaha

  3. Hahahhaha

    Adorei o assunto, Max!!! Mas… eu nem faço parte desse grupo de pessoas perdidas, viu… Sou daquelas que adora um mapa, mas há limites pra andar com um guia de ruas na bolsa, como faz a Rafa. Meu ombro nã aguentaria tanto peso… heheh

    Gente, fico me perguntando como eu me sairia se fosse a pessoa no volante. Pq assim.. fácil ser só a navegadora, né? Minha preocupação está em achar a rua tal e puxar da memória se a rua X é travessa da Av. Y e td mais. Enfim, qdo esse dia chegar, chamo vcs pra dar uma voltinha comigo. Aí tiraremos a prova dos nove. =]

  4. May, me identifiquei ABSURDAMENTE com o seu post. Sim, você pode dizer que é coisa de mulher. Mas não. Eu tenho um problema sério com isso! Tenho histórias bizarras também, como descer do ônibus de viagem na cidade errada!!! Hahahahaha já imaginou o desespero? :P Beijos

  5. Pessoal!

    Preciso revelar uma coisa bombástica para vocês: abandonei o guia!!!
    Meus ombros já estavam reclamando!
    Agora sou tecnológica…rs…em algum caso urgente, pago uma conexão com a nte pelo celular para o GoogleMaps…hehehehe

    Mas obviamente, tb sou perdida. Que o Bruno nunca leia isso…pq ele é mais!

    Nas minhas raras saídas com o Bisna, já fui para o sentido errado da Faria Lima até ver o Iguatemi do lado ao contrário que devria estar…rs

    Bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s