Boring

Padrão

Hoje decidi falar sobre gente chata. Gente que consegue ser tão chata quanto uma segunda-feira. Aposto que vcs conhecem esse tipo. A Marina eu tenho certeza que é a campeã de colecionar gente chata na sua rede de relacionamentos. E isso a torna mais legal ainda. Eu conheço menos gente chata, mas algumas têm o poder de serem chatas pelos outros até. E é engraçado como gente chata fica amiga de gente chata, né?! Mas existem aquelas pessoas chatas que vc é obrigado, pelo próprio bem a aturar e finge ser “amiga” delas. E elas são tão chatas, mas tão chatas que realmente acreditam que somos amigas delas. X.

 

Para não ficar especificando gênero toda hora, tratarei de pessoa chata, seja ela homem ou mulher. Tem aquela chata que sabe tudo, né?! Você fala alguma coisa, ela sempre tem uma tia, prima ou amiga que já viajou para aquele lugar, que já comeu isso, que já passou por aquilo, que já havia pensando algum dia em fazer isso e blá. Daí tem aquela chata que já viveu situações piores que a em pauta. Vc comenta que teve dois carros roubados em menos de 1 ano e ela logo lança que teve 5. Mentira, mas ela fala. E conta com entonação e mínimos detalhes. Com aquela cara de chata.

 

Tem a chata que quer ser socialmente, economicamente e ambientalmente responsável, mas só consegue ser chata. Você, no auge da irritação depois de uma hora e meia de trânsito na Rebouças, lança o chiclete já sem gosto há muito tempo pra fora da janela e nem percebe que cometeu um ato imperdoável. Ok, é errado, mas gente, oi, vai do senso de chatice da pessoa em engatar um discurso sobre a sustentabilidade do universo naquela hora.

 

E aquela chata de galocha que se intromete na conversa alheia? Cara! Acho que essa é uma das mais odiadas por mim. Você está lá, conversando com alguém sobre any assunto, seja pessoal, fofoquita ou profissional mesmo e, de repente, não mais que de repente, o indivíduo lança seu comentário pescoçudo. Não julgo aqui o caráter do comentário. Pode ser que seja pertinente, mas geralmente não é, né. Afinal, quando pega-se o bonde andando, dificilmente tem-se capacidade de contribuir com algum comentário que agregue valor à conversa.

 

Tem aquela chata que tudo que vc fala, ela desvia o assunto para o de interesse dela. E aquela chata invejosa, sabe? Que vc conta que começou uma dieta e ela logo te corta: “Ihhhh… mais uma? A gente conversa daqui 15 dias pra ver se vc agüentou…” Tipo, ai que raiva!

 

E tem aquela chata coitada, sabe? Que vc começa a contar alguma coisa, ela já relaciona com outra coisa e dramatiza a conversa. Vc liga pra perguntar como estão as coisas e ela já desaba a chorar, reclamar, lamentar da vida que leva. Da mãe que tem artrite. Do pai que bebe demais. Da irmã que não estuda. Enfim, dessas coisas chatas da vida.

 

Chatas que contam piadas. Chatas que não falam palavrão. Chatas que gritam demais. Chatas que se acham queridas. Chatas hipocondríacas. Chatas deprimidas. Chatas muito animadinhas. Chatas quando bebem. Chatas de nascença. Chatas muito inteligentes. Chatas metódicas. Chatas lerdas e burras. Chatas corporativas. Pelo menos, chatas têm uma coisa em comum: são sempre muito previsíveis. Vc olha pra ela e pensa: Ela vai dar uma de chata. Então, amigas legais, por favor, nunca se afastem muito de mim porque tenho certeza que ninguém sobrevive a um mundo apenas de chatos. E eu não quero morrer desse mal.

 

 

Por May – “E que 2ª feira chaaaaaaaata. My God!”

»

  1. Hahahahha

    Sensacional, Maxuela!!! Ô diazinho chato mesmo, por Diós!

    Mas viu… nada é mais ecologicamente correto do que jogar chiclete no asfalto! Pergunte à Denise!! Ela dirá que o chicle de goma volta a ser asfalto ou qualquer coisa do tipo! O que eu acho sensacional porque eu não jogo nada na rua, então agora me dei o direito de jogar chiclete! Mas só no asfalto!!! É libertador! Experimente fazer isso mais vezes!! Pq, né? Vamos combinar que é preciso cuidar do meio ambiente e blablabla. Mas esse assunto é tão chato e estamos sendo privados de tanta coisa que jogar chiclete no asfalto é um ato permitido (ok, talvez nem seja, mas a gente o torna) que nos liberta!
    HAhahahah

    Cá estamos, meu bem! Com as teorias mais malucas e conversas mais infundadas!!

    Que o resto da semana seja menos chato para tds!

  2. hauhauahuahauhaa
    pra mim, o pior chato é o que se faz de coitado!!!!!
    pq os chatos que não gostam de toalhas que não sejam brancas ou os que não gostam de maionese no lanche, eu suporto!!
    agora, os que acham que são os únicos que não têm toalhas brancas ou têm certeza de que o garçom colocou maionese de propósito só no lanche dele…esses realmente me irritam!
    hahahaha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s